segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

BALANÇO ANUAL


Esse ano já está indo embora e deixando saudades, é estranho ver que 12 meses se passaram e que tantas coisas aconteceram durante esse tempo.

Janeiro foi um mês branco, nada aconteceu, nada fez diferença mas me lembro de ter chorado muito quando alguém me pediu desculpas depois de ter sumido.
Fevereiro foi quando as coisas começaram a acontecer, fazendo meus vídeos, escrevendo meus textos e tentando me descobrir a cada palavra que escrevia.
Março, me lembro de ter conhecido uma pessoa comprometida e me lembro de ter pago por isso mais tarde.
Abril, comecei a namorar (do nada) e machuquei uma pessoa que eu amava muito.
Maio foi quando me dei conta de quem eu amava de verdade, me lembro de ter corrido atrás e fazer o diabo para ter de volta.
Junho, minha luta não acabou e persisti no amor verdadeiro que tinha dentro de mim; fiz dezessete anos e foi quando comecei a me dar conta de que não estou mais passeando pela vida.
Julho, minha felicidade estava completa; eu tinha amor, amigos, família, saúde e tudo aquilo que precisava para sorrir todos os dias.
Agosto nunca foi um mês positivo pra mim, como dizem por aí é o "mês do cachorro louco" e não foi diferente esse ano. Tudo estava caminhando bem, com felicidade até que me dei conta de que não importa o quanto eu tenha mudado, algumas pessoas simplesmente não mudam.
Setembro, definitivamente foi o mês que mais errei. Passava os dias chorando até que decidi jogar tudo pro alto e decidi errar sem me preocupar.
Outubro chegou e a minha vida mudou completamente. Comecei a trabalhar e não ter mais nem tempo pra mim, mas foi também quando conheci um novo amor.
Novembro foi loucura, foi stress, foi chato.
Dezembro não poderia ser mais bizarro. Formatura, vestibular, salário, trabalho, amor, família, festas. Acho que preciso de um mês para recuperar tudo que perdi emocionalmente e gordurosamente nesse mês.

Em poucas palavras concluo que esse ano foi de altos e baixos. Muitas risadas, muitas lágrimas, muitos abraços, muito amor e muitas saudades...
...do meu melhor amigo, das minhas melhores amigas que agora vão trilhar caminhos diferentes e dos meus amores.

Agora é hora de crescer e não sei se isso é bom. É estranho pensar que em 2010 estarei apenas eu por mim mesmo, estudando, trabalhando, saindo e amando. É um mundo novo que se abre a minha frente e um mundo velho que se fechou sem nem que eu pudesse me despedir. Agora é caminhar pela vida, escolher bem os caminhos e não me esquecer de que estou aprendendo a viver e que erros são perfeitamente aceitos.

Não poderia deixar de agradecer à todas as pessoas que estiveram ao meu lado durante esse ano e todas que me acompanharam virtualmete através das palavras e de todas as emoções que coloquei aqui. Muito obrigado mesmo!

Desejo que 2010 seja um ano de muita paz, tranquilidade e realizações para todos. Eu estarei aqui, espero que vocês também estejam!!

Rafael Pimentel

3 comentários:

Juliana Trinci | 29 de dezembro de 2009 12:45

Amei...o post de fim de ano mais original !!!
Amei o blog também..

Caroline Ortiz | 5 de janeiro de 2010 10:15

Oiie Rafa...
Foi muito bom esse balanço anual que você fez, acho que se todas as pessoas fizessem a mesma coisa, com certeza teriam mais objetivos muito mais concretos para o ano que começa. E pode ter certeza que crescer é muito bom, é difícil, porém, você aprende, errando e acertando, e é assim que sem constrói e se leva uma vida feliz.

Paulinho | 5 de janeiro de 2010 11:06

Não insista nos mesmos erros rafinha. Sofrer não é amar.